Separação conjugal: essa dor tem fim.


heartNo ano passado enfrentei um processo doloroso e com o qual eu simplesmente não soube lidar: minha separação. Sofri demais. Acredito mesmo que eu não merecia ser tratado como eu fui. Desprezado, humilhado e pisado, só me restou esperar o tempo passar. E como demora para que as lembranças saiam da cabeça!!!

Mas o tempo é assim: ao mesmo tempo que caminha devagar e nos faz sofrer, acaba por nos conceder o alívio; a cura. Então, só tenho uma coisa a dizer como conselho a quem esteja passando por isso: nada irá aliviar a dor, a não ser o passar do tempo.

Claro que um novo amor é muito bem-vindo, mas se houver precipitação, um novo romance pode ser muito pior do que a solidão. Na pressa de acharmos alguém para substituirmos a pessoa que nos abandonou, nossos critérios de escolha ficam, digamos, menos exigentes. E então a gente pode se meter em uma grande encrenca que nos leva ainda mais para baixo.

Então o conselho é o seguinte: espere! Primeiramente, se acalme. O desespero e a angústia são enormes, mas não resolverão absolutamente nada. E se você demonstrar esse descontrole para a pessoa que te abandonou (quer telefonando; quer no MSN, Orkut ou email; quer indo dar escândalo na porta de onde ela estiver morando), ela vai confirmar e ter certeza de que fez a coisa certa ao te abandonar.

Coloque uma coisa em sua cabeça, por mais difícil que seja admitir isso: se ela(e) te largou, é porque não te ama. Simples assim. Quanto à possibilidade dela(e) se arrepender: é mínima. Seja esperançoso e somente alimente uma ilusão. Agora, seja realista e cure-se mais rapidamente da pancada.

Leve em conta que isso acontece a todo o momento, com milhares de pessoas diariamente. A imensa maioria consegue sobreviver. Então, você também sobreviverá. Pode apostar.

Aliás, não tem coisa melhor na vida do que sentir o gostinho de dar a volta por cima. Tenha isso como seu NOVO PROJETO DE VIDA: Vá para uma academia, faça dieta, se cuide, fique maravilhoso(a). Faça isso por você e não para se mostrar à pessoa que te abandonou (mas se isso acontecer naturalmente, ótimo). A idéia é que, ao ficar de bem com a vida, você será capaz de atrair coisas boas. E lembre-se: a possibilidade de que a pessoa que te abandonou se arrependa e volte para você é mínima… MAS UMA COISA É ABSOLUTAMENTE CERTA: SE VOCÊ ESTIVER UM FARRAPO HUMANO, reduzirá a zero qualquer chance de reconciliação.

Resumindo é o seguinte: deixe o tempo passar e enquanto isso, se cuide. Você vai sair dessa. Boa sorte!!!

P.S.: Em um próximo post, eu comentarei sobre a importância fundamental da família para a superação da dor causada pela separação.

  1. #1 por Grazziela em 24 de julho de 2014

    Paola, escrevi para vc tb!!

  2. #2 por paola em 25 de julho de 2014

    Rsrs meninaş, aguardando!
    mas o sinal de fumaça chegou!
    Pati perdi seu email/face, tanto tempo
    !
    Queria muito manter contato com vcs!

  3. #3 por paola em 26 de julho de 2014

    Está aguardando moderação. . :(

  4. #4 por paola em 26 de julho de 2014

    Ué. Meu comentário #88 nao foi…

  5. #5 por Leandro em 26 de julho de 2014

    Olá pessoal!! nossa!!! que dor!!! não estou sendo forte… estávamos juntos a mais de 10 anos (6 de namoro). faz nem um mês.Não estou suportando, me pego chorando toda hora, no banho, na cama, no carro… Meu Deus, como amo essa mulher!! Brigávamos como todo casal,mas éramos felizes, ela sempre dizia que me amava, que adorava estar comigo… e em apenas um mês ficou diferente, seca, grossa, me mal tratava.Até que decidi sair de casa, mas ela disse que nao me merecia mas não queria que eu fosse , e depois de muita conversa, decidi ficar.Fiquei muito feliz, fizemos amor a noite toda…Mas já no outro dia, acorda do meu lado a mesma pessoa seca…. e então, quatro dias depois ela me pedi pra ir embora. Disse que não sabia se me amava, que amava meu caráter, que amava minha honestidade…mas como marido já nao sabia…Perguntei se havia outro mas ela disse que não e acredito, pois não havia o menor motivo para desconfiar. Desesperei chorando…Ao ver meu desespero, tratou de me machucar mais um pouco dizendo que era “DRAMÁTICO DE MAIS”. Pq nao me deixou ir embora??? Me ofendeu. Disse que eu era a preguiça em pessoa, me fez sentir um lixo, um fiapo de gente. E ainda me sinto. Percebo que ela está bem sem mim. Bonita, na verdade linda… e eu me sinto feio, tão menor que ela… Estou sofrendo muito e não sei se vou aguentar…nada tem dado certo na minha vida. Perdi minha mãe com pouco mais de cinquenta anos a pouco tempo (só vi meu pai uma vez na vida, mas ele não vale nada). Minha então amada esposa engravidou, mas perdemos com trêz meses (acabei de chorar). E agora quem eu tanto amo me abandona e me despreza. Vejo tantos amigos felizes e juro que não tenho inveja. Mas sempre me pergunto, pq não posso ser feliz também??? Sei que não é bonito de se dizer mais estou com pena de mim mesmo. Se alguém já passou por algo assim, me ajude…. Deus te pagará! leandroluciomiranda@hotmail.com

  6. #6 por Valéria em 28 de julho de 2014

    Oi gente! Estou passando por esta imensa dor. Estou com você Leandro, choro o tempo todo! Estava com meu marido a mais de oito anos, seis anos casados, felizes. Brigávamos muito pouco, nos apoiávamos em tudo. Ficava feliz por cada pequena vitória dele. Como amei aquele homem. No ano passado ele adoeceu e eu cheguei a tirar férias do trabalho para cuidar dele. Foram momentos dificeis demais, mais Graças a Deus, eu tive força e consegui ajudá-lo a superar. Era um problema psiquiátrico. Ele ficou afastado do trabalho por 4 meses. Voltou a trabalhar no dia 01/07/2013. Este ano, no dia 02/07/2014, ele saiu de casa depois de eu descobrir que ele me traiu com uma mulher que estuda na mesma faculdade que ele. Para piorar a situação, ontem ele me disse que talvéz ela esteja grávida. Quase morri de tanta dor, pois em seis anos, não consegui lhe dar o filho tão desejado. Não sei o que fazer com tanta dor, com essa traição, com essa ingratidão. Meu Deus, as vezes peço prá Deus me levar embora, pois não estou conseguindo suportar tudo isso.

  7. #7 por Patrícia em 29 de julho de 2014

    Paolla, queridíssima, anotaí o e.mail da mulher, rsrsrsrs ficoutudolindo@hotmail.com Beijo p vc e os gêmeos :)
    …………………………..
    Leandro, queridão, que barra, hein, moço? Eu me emocionei lendo sua estória e você pode se considerar parte da nossa “comunidade” virtual; aqui, irmão, TODOS NÓS sabemos o que é essa dor que vc está experimentando agora! Você não está sozinho! Não mesmo! Aqui estão nossos braços, ombros e mãos, e também nossos <3 s p vc, para a sua dor! Você talvez não acredite, pense que é da boca prá fora, mas vou orar por você, tá bom? Já fiz isso (orações) p muitas pessoas que passaram por aqui! O meu divórcio aconteceu a 5 anos, estou bem agora, graças a Deus, mas não foi nada fácil! Perdi meu pai (meu melhor e maior amigo nesta vida!) dez meses depois do divórcio. Bem, é isso … Força, querido, não desista de você, tá bom? Você é um ser humano lindo, amado de Deus, essa dor não vai durar para sempre!
    Abraço fraterno!
    ……………………………………….
    Ouço/leio muito por aqui comentários do tipo "Puxa vida!, j´pa se passaram tantos meses, ou, tantos anos, e eu ainda não superei!!!!", mas, gente, essa é uma dor IMENSA, alguns levam mais outros menos tempo, mas NUNCA é um processo fácil! Não vamos perder a fé na vida, na crença de dias melhores!
    …………………
    Abraço especial prá Paolla, Grazzie, Mari e pro meu queridão Guimas Meier, se é que ele está lendo isso aqui,o sumido! hehehe
    …………………………………
    Fiquem todos com Deus!

  8. #8 por Patrícia em 29 de julho de 2014

    Paolla, queridíssima, anotaí o e.mail da mulher, rsrsrsrs ficoutudolindo@hotmail.com Beijo p vc e os gêmeos :)
    …………………………..
    Leandro, queridão, que barra, hein, moço? Eu me emocionei lendo sua estória e você pode se considerar parte da nossa “comunidade” virtual; aqui, irmão, TODOS NÓS sabemos o que é essa dor que vc está experimentando agora! Você não está sozinho! Não mesmo! Aqui estão nossos braços, ombros e mãos, e também nossos <3 s p vc, para a sua dor! Você talvez não acredite, pense que é da boca prá fora, mas vou orar por você, tá bom? Já fiz isso (orações) p muitas pessoas que passaram por aqui! O meu divórcio aconteceu a 5 anos, estou bem agora, graças a Deus, mas não foi nada fácil! Perdi meu pai (meu melhor e maior amigo nesta vida!) dez meses depois do divórcio. Bem, é isso … Força, querido, não desista de você, tá bom? Você é um ser humano lindo, amado de Deus, essa dor não vai durar para sempre!
    Abraço fraterno!
    ……………………………………….
    Ouço/leio muito por aqui comentários do tipo "Puxa vida!, j´pa se passaram tantos meses, ou, tantos anos, e eu ainda não superei!!!!", mas, gente, essa é uma dor IMENSA, alguns levam mais outros menos tempo, mas NUNCA é um processo fácil! Não vamos perder a fé na vida, na crença de dias melhores!
    …………………
    Abraço especial prá Paolla, Grazzie, Mari e pro meu queridão Guimas Meier, se é que ele está lendo isso aqui,o sumido! hehehe
    …………………………………
    Fiquem todos com Deus!

1 ... 49 50 51
(não será publicado)
  1. Sem citações ainda.